New to site?


Login

Lost password? (X)

Already have an account?


Signup

(X)
HomePREFÁCIO

[PREFÁCIO]

A Educação escolar é uma prática social de maior importância.

As famílias, de todas as formas, buscam cada vez mais, estreitar as relações institucionais com as escolas, para garantir a sincronia e a integração entre as responsabilidades familiares e as potencialidades educacionais escolares.

Escolher uma boa escola, acompanhar o desenvolvimento da aprendizagem das crianças, escutar seus relatos, compreender suas vivências, todas essas dimensões retratam a singular articulação e a especial e necessária integração entre as novas relações familiares e as inestimáveis dimensões e vivências escolares.

O 3º CONAEDU, para esse ano de 2017, quer convidar a todas as pessoas a entender e decifrar melhor a função humanizadora e integradora da Escola.

O tema é “Mais Vida na Escola: a paixão de aprender, a arte de ensinar e a avaliação que eleva e promove”.

Trata-se de buscar superar a tradição mensurativa e avaliativista, ainda tão presente em nossa tradição pedagógica, por uma prática que compreenda a avaliação como um processo de planejamento, acompanhamento e promoção da aprendizagem das crianças e das práticas de ensino dos professores.

Demonstrar que a escola precisa acolher e ressignificar sua identidade, institucional, administrativa, arquitetônica e espacial, buscar apresentar a reorganização da escola e do espaço pedagógico em vista da criança, da infância e de suas expressões singulares, na direção do acolhimento e do cuidado.

Queremos decifrar a escola e apresentar novas práticas de ensino, expressar renovadas leituras das plenitudes e das diferenças entre as formas de aprender das crianças, dos adolescentes e dos jovens, sincronizando teorias e práticas na direção da escola que supera suas inspirações adultocêntricas e impositivas para projetos de educação e de formação circulares, propositivos e emancipatórios.

A Escola e suas práticas, as teorias da aprendizagem e os projetos de avaliação somente serão compreendidos se soubermos responder a pergunta: o que eu quero com a Escola e a Educação? Essa determinação política é o ponto de partida para nossa reconfiguração da Escola diante das novas práticas sociais, dos novos sujeitos e novos direitos civis, das tecnologias digitais e das novas relações entre as pessoas, grupos, movimentos e natureza. A diversidade, a sustentabilidade, a humanização dos espaços vivenciais estão hoje a interpelar a escola e a sociedade na direção do cuidado, da tolerância, da cultura da paz e da autonomia ética das pessoas.

Professor César Nunes – Curador