Gabriel Perissé

Pós-doutor em Filosofia e História da Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), estudando "A linguagem educacional brasileira. Quatro estilos contrastantes: Cristovam Buarque, Pedro Demo, Regis de Morais e Rubem Alves", em 2011.
Doutor em Filosofia da Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), com a tese "Filosofia, ética e literatura: a proposta pedagógica de Alfonso López Quintás", em 2003.

Mestre em Literatura Brasileira pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), com a dissertação "Carlos Nejar: uma admiração problemática", em 1989. Bacharel em Letras (Português e Literaturas Brasileira e Portuguesa) pela Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1985. Desde 1983, ministra palestras e minicursos em escolas, universidades, empresas, editoras, sindicatos e associações culturais, percorrendo mais de 500 cidades brasileiras.

Desde 1996, publicou mais de 20 livros relacionados a temas como leitura e criatividade, ética, formação docente e didática.
Desde 1989, publicou mais de 1.000 artigos e ensaios em revistas (acadêmicas e de divulgação científica), em jornais, blogs e sites, e traduziu mais de 10 livros para diferentes editoras, do inglês, do francês e do espanhol. Entre 1998 e 2011, atuou como professor universitário e coordenador pedagógico (graduação e pós-graduação) em São Paulo (SP).